O corpo da mulher brasileira

Como vcs sabem, tenho 4 filhos. Um deles, é uma menina de 12 anos, 1,68m, 50kg. Uma menina normal, de tamanho normal.
o corpo da mulher brasileira
Há mais ou menos 8 meses, ela deixou de caber nas roupas da sessão infantil.
Além de variar entre os números 34, 36 e 38, dependendo da modelagem, uma coisa tem me deixado cabreira… os tais P, M, G! Estou realmente preocupada com o que vestem as mulheres um pouco maiores que ela.
Semana passada, fomos a uma loja dessas grandes de Shopping. Depois de revirarmos a loja (já foi com adolescente no Shopping??!! rsrsrsrsrs), ela escolheu algumas blusinhas para provar. Na dúvida em qual tamanho pegar, eu disse que era óbvio que seriam as tamanho P ou PP, já que eram “roupas para jovens”… lembrem-se… não estávamos mais na sessão infantil!!!
Qual minha surpresa??!! As únicas que couberam, foram as tamanho G!!!! Ela só tem 12 anos!!!!! Como fazem as moças de 20??
Será que o brasileiro ainda não se tocou de que o corpo da mulher brasileira não é um pau de virar tripas?!! Essa insistência em querer que as mulheres se pareçam com modelos de passarela faz muito mal pra cabeça delas!
A sorte da minha filha é que ela tem a mim pra explicar que ela não é gigante, nem gorda, nem deformada por ter que usar tamanho G!!!
Pense em como se sente uma menina sem a devida orientação? Não caber nas roupas feitas pra elas, a mídia martelando na cabecinha delas que não podemos estar acima do peso, um milhão de tipos diferentes de dietas, uma neura absurda pelo corpo perfeito. Esse culto ao corpo chamado “perfeito” é uma loucura!
Me dá raiva essa imposição… nas redes sociais, na TV, nas revistas, nas lojas…
Tem que ser uma mãe forte e decidida, com filhos que confiam em vc, pra poder lutar contra!!
Por um segundo, passou pela cabecinha dela, que ela estava gorda e precisava de dieta!!!!
Gente… como faz uma adolescente sem orientação, sem incentivo, sem que a mãe diga “vc é normal, vc tem o corpo certinho, a indústria é que é louca!!”?! Simples… elas fazem dietas malucas, passam a comer uma folha de alface por dia, vomitam depois de comer.
Olhe à sua volta… quantas mulheres que vc conhece têm o corpo assim?!
corpo
 E quantas têm o corpo desse jeito?!!
mulher brasileira
A neura pelo corpo perfeito se torna uma prisão. Eu sei que temos que cuidar da nossa saúde, isso é indiscutível. Mas as pessoas têm genéticas diferentes, vidas diferentes, hábitos particulares. Não dá pra ser todo mundo igual!!!
A busca pelo corpo chamado ideal, traz insegurança pras meninas, faz com que as pessoas cometam loucuras em busca do padrão imposto.
Tenho dó desse povo que transforma a vida numa busca implacável por uma perfeição que não existe. Se privam, se limitam, impõem restrições desnecessárias, injetam, ingerem substâncias e produtos sem pensar nas consequências. Nós colhemos o que plantamos. E a colheita é mais breve do que imaginamos!
Corpo perfeito é o seu… com suas marcas, suas experiências, suas vivências.
Cuida da sua cabeça, cuida da cabecinha da tua filha. Que a gente se dedique a comer direito, se exercitar pra manter uma vida saudável, mas que a gente aprenda e possa ensinar, que o corpo muda com o passar dos anos, inevitavelmente, mas TUDO o que vc aprende, tudo o que bota pra dentro da cachola, permanece ali e isso sim faz TODA a diferença na nossa vida!!!

Ser mãe de 4 filhos…

Eita… ó eu aqui!!!!! rsrsrsrs
 
Semana passada gravei um vídeo a pedido de uma seguidora.
Ela está querendo engravidar pela quarta vez e está enfrentando um pouco de descriminação com a família por causa disso. Me pediu pra fazer um post explicando como foi minha experiência… e ao invés de fazer um post, fiz um vídeo!
 
Dá uma olhadinha pra saber como foi essa história!
 
 
E aí? Gostaram?! Aliás… já se inscreveu lá no canal?!
Tô começando agora, mas prometo muito papo e coisinhas legais, tá?!
Se vcs tiverem sugestões de vídeos, coisas que vcs queiram ver, saber de mim… é só pedir, ok?!
 
beijocas nas bochechas lindas de cada uma de vocês!
 
 
 

Lista de desejos

O Natal está chegando e eu adquiri ao longo do ano uma pequena lista de desejos. E pra quem possa interessar, eu quero muito muito muuuuito:
 
 
wishlist
1) uma panela de pressão elétrica
As amigas que tem, dizem que ela é incrível, que quebra todos os galhos e que vai ser óóótima aqui     pra casinha. Vai ser muito mais prático alimentar a criançada!!! rsrsrs 😉
 
2) uma airfryer
Porque aqui não se faz fritura… mas se tem muita vontade! Vai cair como uma luva! 😉
 
3) um celular com câmera nota 1000
Porque é difícil sair de casa com 3 meninas, bolsa, apetrechos femininos, celular (com câmera meia boca) eeeee… máquina fotográfica. Quero um celular que tenha uma boa câmera e que faça vídeos de qualidade. 
 
4) uma lava e seca
O problema nem é no verão. Até porque, aqui é tãããõ quente, que a roupa seca em 10 minutos. O problema é no outono e inverno. Blumenau é úmida demaaaaais e as roupas às vezes levam 5/6 dias pra secar e ainda por cima ficam com cheiro de peixe. Fora que com 6 pessoas em casa elas dão cria no cesto e o lance de colocar pra lavar, tirar da máquina, colocar no varal, recolher do varal, blablabla whiskas sachê… muito mais fácil colocar e tirar da máquina, né?!
 
5) e quem souber onde comprar, me avise… também quero uma Rosie pra me ajudar!!! 😉
 
 
KKKKK… por fim, achei engraçada minha wishlist. Bem coisa de mãe, dona-de-casa mesmo, né?! 
Foi-se o tempo em que eu desejava um sapato novo, uma calça X, o óculos tal, aquele relógio, o perfume que acabou de lançar… não que eu não os queira, continuo querendo tudo isso… mas não são especificamente um desejo!! Não são mais tão importantes pra mim, entendem?! Não só porque sou mãe, dona-de-casa, etcetal… mas porque meus valores mudaram e o que era extremamente indispensável antes, hoje não é mais! Hoje, prefiro coisas que facilitem minha vida, porque ser mãe em tempo integral, dona-de-casa, esposa… foi opção, foi escolha e não acaso. E hoje é isso que sou, é isso que amo ser e nunca, nunca, nunca faria diferente!
 
to-fazendo-as-contas
 
 
 
 
 

?

O que você vê nessa foto?!
 
renata
 
O que você vê nessa cama?!
 
renata1
 
Esse é o reflexo de uma adolescente nascendo!
Numa mesma cena, uma boneca e pincéis de maquiagem.
 
Minha filha está crescendo. Do dia pra noite, literalmente, seus interesses mudaram, sua forma de falar, seu jeito de andar, a forma como ela se vê, o gosto em se vestir, os cuidados com ela mesma.
 
Ela estava arrumando a bolsa e me deparei com essa cena que resume exatamente o momento que ela está passando. Uma menina que há tão pouco tempo carregava uma boneca pra cima e pra baixo, agora carrega uma bolsa com meninices. Um livro de cabeceira que não é mais um conto de fadas.
 
Mas ainda é a menina que quer que de vez em quando eu vá buscá-la na escola. É a menina que anda agarrada na minha mão, a menina que brinca com as irmãs e que dança no meio da sala.
 
Minha menina agora é uma moça, que tem curiosidades diferentes das irmãs. A fase dos "porques" voltaram, mas com conteúdo completamente diferente. 
 
Quer saber? Tô amando essa fase.
E se posso dar um conselho… ela é muito mais gerenciável, se a menina conseguir dentro de casa as respostas pras suas perguntas.
Uma coisa muito importante… eu me lembro perfeitamente que tbm fui adolescente, me lembro das minhas dúvidas, das minhas mudanças, das minhas preocupações, dos altos e baixos dos meus hormônios… sei exatamente pelo que ela está passando e consigo falar a mesma língua.
Ela sabe que pode confiar em mim.
 
E é bom que seja assim sempre… porque logo depois dela, virão mais duas! rsrsrs
 
meninas
 
 
 
 
 
 
 
 
 

você se arrepende do que?

Quem nunca se arrependeu de algo, né?! Da escolha da cor que ia pintar a casa, do homem com quem se casou, não ter confiado naquela vozinha que falava na tua cabeça, de ter deixado a vida no automático, de não ter economizado mais, de falar algo que não deveria, de se importar com quem não merecia, de uma declaração de amor não dada, da escolha da profissão,…
 
Eu tenho dois arrependimentos na vida. Na verdade, um deles é mais uma dúvida que um arrependimento.
 
Eu contei AQUI pra vocês o começo da minha história… nela, eu poderia incluir que aos quase 7 meses da gravidez do meu primeiro filho, o Ivan e eu, tivemos a chance de nos mudar pros EUA.
Algumas coisas fizeram com que eu resolvesse não ir. Alguns problemas envolvendo a gravidez, mas se hoje, 19 anos depois, eu pudesse voltar no tempo, eu teria ido.
Sabe aquele velho ditado: "se eu soubesse o que sei hoje nos meus 19 anos…" 
 
Minha primeira gravidez foi um tanto quanto complicada. Tive um ameaço de aborto no quinto mês, estava passando por estresse emocional com a família, estava apaixonada por alguém que não era o pai do meu filho, estava com ele há apenas 6 meses e ele só tinha 20 anos. Me apavorei com a ideia de ter meu filho em breve, num lugar tão distante e sozinha. Arreguei. Ahhhh… se arrependimento matasse!!
 
Hoje, com minha experiência de vida e dotada de uma dose maior de coragem, eu teria ido!
Mas eu me absolvo… porque a situação realmente era complicada e eu estava vivendo naquele momento, uma enchurrada de importantes decisões de vida.
 
Mas o sonho não morreu… só está esperando o momento certo!
 
 
american-flag-pickup-truckvintage-pickup-truck-with-american-flag-original-photos-i-love-mm0sw6ti
 
Meu outro arrependimento ainda não é um arrependimento. Há 10 anos tenho pesado se a decisão que tomamos de morar longe da família, foi a melhor decisão. No começo achei ótimo, depois veio  a saudade, voltei a gostar da ideia, teve momentos em que eu queria porque queria voltar correndo, veio a época do "tô acostumada, amo aqui!" e agora, apesar de gostar daqui, sinto muito pela falta que a família faz para as crianças.
Se um dia virar arrependimento, eu conto pra vocês, tá?!! rsrsrsrs
 
mapaUma coisa é certa… nunca é tarde pra recomeçar, pra realizar os sonhos, pra se apaixonar novamente, pra uma aventura… o importante é ter auto-estima, erguer a cabeça, ser feliz com o que vc tem, com quem você é e sempre… sempre querer mais… o que passou, passou, mas o futuro está ali… todinho esperando por você!!
 
Quais são seus arrependimentos?! 
 
 
 
 

The book is on the table {#11}

Nossa… sempre amei ler. 
Lia muito e me dava pânico quando estava acabando e não tinha outro livro por perto, na fila de espera!
 
Mas chegou um determinado dia, que me vi mãe de um pré-adolescente de 11 anos + 1 criança de 3 anos + 1 bebê de 1 ano e meio + 1 recém-nascida. Eu não tinha tempo nem pra lavar os cabelos, quanto mais parar pra ler. Eu até tentava, mas depois de ler a mesma página umas 15 vezes, desisti de vez.
 
Enquanto minha escadinha crescia, eu achava que em breve teria tempo pra mim… doce ilusão!!!
Já ouviu aquele ditado que filhos maiores, trabalho maior? Então…
 
Depois de tantos anos sem ler (hoje a escadinha está com 19 – 11 – 10 – 8), perdi o costume.
Eu tento… juro que tento. Tenho vontade… mas não consigo engrenar!!
 
O último livro que li foi um desses três… não me lembro qual:
 
livros Dan Brown
 
Faz tempo, né?!!! rsrsrsrsrs
 
Mas se livros infantis contam… li vááááááários!!!!!
 
Agora que as meninas estão lendo livros não tão de criancinhas, tenho conseguido acompanhar algum tipo de literatura.
Está aqui na minha cabeceira um que estou doida pra ver e vai ser o primeiro livro que vou ler depois de tantos anos (torçam por mim! rsrrss)… minhas meninas leram e amaram! Muitas vezes, a Renata vinha ler um conto pra mim e acabei me encantando por ela… Bruna Vieira! A fofa do blog Depois dos Quinze.
 
Eu sei que vcs vão pensar que é literatura juvenil… mas a menina tem muito talento! Alguns contos fizeram com que eu me emocionasse! Ela é muito sensível e faço questão de ler os livros dela. Já temos 3 e assim que chegar às livrarias, as meninas vão comprar o quarto QUAR-TO livro dela! 
 
Depois dos Quinze
 
 
Quem sabe engreno e ponho em dia a lista de livros que quero ler?!!
 
Qual foi o último livro de você leu?!
 

Dani Moreno – A Semana

Essa semana consegui colocar no ar meu blog quaaaase do jeitinho que eu queria. Faltam alguns detalhes, que se tudo der certo, esse final de semana, marido me ajuda a finalizar.

O frio se transformou em umidade (já falei que moro num aquário??) e a umidade está se transformando em chuva. Gente… quando vcs forem mudar de cidade, e o marido de vocês disser ALGUMAS vezes: “lá é úmido”, tentando de fazer entender que é ÚMIDO PRA CACETE… acredite!!! É nojento, gente! Essa época então… afffffff!!

Escorre água das paredes, o chão fica gosmento! Minha sorte, que só fica assim na parte fria da casa (garagem, cozinha e banheiros), porque conheço gente aqui, que tem a umidade nos quartos, sala… Se vocês repararem, a temperatura nem estava tão baixa, estava um dia lindo… mas reparem na umidade… Hi% significa que o higrômetro desistiu! rsrsrsrs Ele só marca até 92%. E não se enganem achando que a umidade está assim porque estava chovendo! Quando chove, por incrível que pareça a umidade cai, porque ela não está mais no ar!

APDC0933

Olha como fica o piso da garagem… agora imagina isso nas paredes e chão da cozinha…

APDC0934

Essa semana tbm, consegui começar a trabalhar com uma ferramenta que foi desenvolvida pelo marido \o/.

Linkup BlogHop

Ela ainda está em teste (eu, junto com vcs que participam das blogagens coletivas estamos testando), logo logo divulgo o site e a ferramenta vai estar à disposição de vocês, tá?!

Também teve a primeira parte da minha história de amor, que veio junto com o retorno da blogagem coletiva musical. (pra ver, clique nas imagens)

família Moreno parte 1DaniMoreno

Entre uma ou outra coisa legal que aconteceu essa semana, pra encerrar, chega o Sedex com uma encomenda pra mim… um presentinho vindo de Curitiba, da minha amiga Silvana Haddad.

Vcs se lembram do post que eu fiz sobre o “Destrua esse Diário”?

Então, recebi uma mensagem da Silvana dizendo que quando ela viu o livro na livraria, disse à filha que o livro a fazia se lembrar de uma blogueira amiga dela… EUzinha!!!

Aí, com todo carinho do mundo, ela me presenteou com um Diário… que com o maior prazer vou Destruí-lo!!! rsrss

Destrua Este Diário

Silvana… é claaaaro que amei o livro… mas sabe o que mais me encantou?! A delicadeza dos mimos.
Sim, meninas, porque ela não só mandou o livro, mas dentro da caixa veio carinho junto. Carinho em forma de palavras e carinho em formato de mimos. Coisas simples, mas que foram comprados e colocados ali, pensando em mim. E isso não tem preço! MUITO obrigada, amore! <3

Um dos mimos é essa escovinha que eu amei!

Body Store

Ela é MUITO fofa…

Empório Body Store

Aquele brinquinho ali atrás, em formato de coração, é muito lindo! Aqueles pedacinhos coloridos são feitos de palha de trigo!

artesanato em palha de trigo

APDC0936

 E sua semana, como foi? Foi produtiva?? Vc fez algo legal?

casinha

Esse post faz parte da blogagem coletiva da Fernanda Reali. Participe vc tbm!!! <3

Fernanda Reali

Namoro – amor {#bcmusical}

Voltou… a blogagem coletiva musical, voltou!!! \o/

E vamos voltar falando de amor… tem coisa melhor??

 

Escolher uma música com esse tema é complicado, então, resolvi fazer uma coisa que prometo há muito tempo… vou contar um pouco da minha história e nela vou incluir a música, tá?!

 

família Moreno parte 1

 

Tudo começou em 1994… eu com 23 anos. Engravidei do meu namorado na época. Estávamos há quase 4 anos juntos e no meio de uma crise. Quando eu soube da gravidez, resolvi deixá-lo e criar meu bebê sozinha. Não seria justo nem comigo, nem com ele, nem com o bebê, formar uma família da forma como as coisas estavam caminhando.
Com a decisão na cabeça de fazer isso sozinha, eu sabia que namorado, paixão, amores, ficariam pra depois… bem depois. Eu estava feliz com a decisão mais adulta e madura que eu já tinha tomado em toda minha vida.
Maaaas… sim, toda história tem um "mas…", num evento na casa de um dos meus tios, conheci o Ivan.
Tão famoso na família, já que dois dos meus primos mais queridos moravam com ele, mas eu era a única que não o conhecia. Confesso que de primeira, a propaganda me pareceu exagerada! rsrsrs
Eu com dias de gravidez, fui vítima de uma emboscada feita pela minha prima Camila e quando assustei, estava nos braços do meu futuro marido. Ele na época, tinha acabado de fazer 20 anos.
Me afastei dele porque não queria que ele se apaixonasse, nem eu. Mas ele, ainda sem saber da gravidez, insistiu, ligou, procurou. Chamei até em casa e comecei o assunto com o bom e velho: "tenho uma amiga que está grávida… não vai ficar com o pai e está apaixonada por outro…"
Ele simplesmente disse: "eu assumo!!" Eu pensei… RÁ… ele só tem 20 anos… fala isso enquanto sou magrinha, bonita e tá tudo no lugar… quero ver quando estiver barriguda!!  E me deixei levar.
Era cedo e eu ainda não conhecia a integridade e o caráter daquele rapaz que estava nas nuvens.
Ele contava os dias pra minha barriga crescer e eu cada vez mais apaixonada.
A gravidez foi uma tanto conturbada por motivos que não vêm ao caso agora. Nada entre nós. Os problemas só nos unia mais.
Nunca fiquei um dia se quer sem estar com ele. Ele cuidava de mim.
Me lembro que no comecinho do namoro, a gravidez me deixava extremamente sonolenta… eu só dormia, o tempo todo… ele pacientemente ficava a meu lado tocando violão até eu acordar e ter que voltar pra casa.
 

 

Os meses se passaram, o sono passou, a barriga cresceu e a bonitona agora se parecia com um botijão de gás… e ele ali… firme, forte, apaixonado, fazendo planos. E eu?? Eu completamente envolvida, apaixonada, aos pés daquele homem, que era tão novo, mas muito mais homem que muito homem que conheço até hoje.
Depois de algumas barreiras que tivemos que enfrentar por ele "não ser o pai do bebê", por ele ser muito novo pra assumir algo tão grande, por termos que começar do zero com um bebê a caminho, por ele ter que lutar por mim contra meus parentes, contra o pai biológico, contra os contras… minha bolsa rompeu… e algumas horas depois, ouvi da boca dele que havia chegado o "amigo que ele tanto esperava!" Eu vi naqueles olhos verdes um amor tão verdadeiro…
 
Agora éramos 3.
 

02

 

… continua…

ai, ai… tão poucas palavras de uma época que aconteceu TANTA coisa… Eu li e reli e contada assim, do jeito que contei, parece uma história paralela. Na minha cabeça ao reler, ficam faltando peças tão importantes, mas que não cabem mais serem escritas, lidas ou comentadas. Só o que importa é o que sentimos um pelo outro e o amor que fez com que escolhêssemos caminhar juntos.
Meu positivismo faz com que eu acredite que os perrengues, os obstáculos, as barreiras… tudo fez que com que pudéssemos estar aqui hoje.
 
 

 

#redshoesday

Ontem foi dia de sapatinhos vermelhos!

redshoesday

Convite feito, convite aceito… meus pézinhos com meu All Star preferido está lá na lista das meninas dos blogs Baú Hype e Taby Says

redshoesday

Eu amo sapatos vermelhos… apesar de ter só um dos meus AllStars dessa cor, eu acho lindos os saltos, as botas, as sapatilhas…

red shoes

 

Minha próxima aquisição será uma botina vermelha… adooooro!!

Dá um pulinho lá no blog das meninas pra ver os pézinhos vermelhos que participaram!

 

Ahh… se você gosta de vermelho, participe do #redlipsday2014 no dia 17 de junho!

topo_redlipsday

Mande sua foto com um lindo batom vermelho pra Renata do Mulher Vitrola e participe!

 

beijocas vermelhas nas bochechas rosadas!

feedburner

Ariel Power Pods

Vou dividir uma coisa com vocês… e antes que vocês pensem que é um publieditorial… podia ser, mas não é!!! rsrsrsrs

Há um tempinho atrás eu comprei esse sabão Ariel Power Pods.

Ariel Power Pods

 Gente… pra mim é a revolução. A  salvação da dona-de-casa!

 Eu tinha visto esse pacotinho no  supermercado, me bateu a  curiosidade, mas não comprei…  achei caro. Num outro dia, mais uma vez ele olhou pra mim e disse "me leeeeva!!"

Como sou boazinha, não resisti e trouxe um pra casa.

Gente… como foi que eu vivi sem isso até agora??

APDC0775

No começo você pensa… "como é que uma bolinha desse tamanho vai lavar tooooda aquela roupa que está na máquina?!" Confesso que de primeira eu duvidei, tive que me controlar pra não colocar umas 4 ou 5 de uma vez. Inacreditável… uma bolinha é suficiente, lava que é uma beleza, branqueia e deixa um cheiro MA-RA-VI-LHO-SO na roupa!

APDC0789

É que em cada bolinha dessa vem o sabão líquido, abrilhantador e removedor de manchas.

Pode ser usado em roupa branca e colorida.

Ele não faz muita espuma e a meu ver, apesar de caro, ele é super econômico!

O sabão em pó, de caixinha, que custa metade do preço, dura metade ou menos do tempo aqui em casa. Um pacote com 14 bolinhas (ou 14 lavagens), aqui em Blumenau, achei pela média de 11,00 e o pacote maior, com 31 bolinhas, está em torno de 19,00 reais.

Pra usar é fácil… eu simplesmente jogo na máquina junto com as roupas.

Ele vai se dissolver e não se preocupem… não mancha a roupa!

Ariel Power Pods

Procura no supermercado… compra, que você não vai se arrepender!!

assinatura

TAG: itens de maquiagem que mais uso

Eu não tenho muito maquiagem, compro apenas o que preciso e quando preciso.

Não sou compulsiva nesse quesito.

Não tenho quilos de batons, paletas e paletas de sombras… nada.

Tenho o básico, mesmo porque, até bem pouco tempo atrás, eu não usava nada além de um batonzinho

e um lápis de vez em quando. Tudo o que tenho de maquiagem, cabe nessa bolsinha…

bolsa

tag maquiagem DaniMoreno

Então… separei umas coisinhas pra mostrar pra vocês o que mais uso.

Pra começar… sempre… aprendi com minha vó Angela a limpar a pele com Leite de Colônia.

Eu limpo todos os dias e ensinei as meninas a fezerem o mesmo.

tag maquiagem DaniMoreno

Depois de limpar, de manhã uso Renew Clinical Sérum de Renovação Facial 3 em 1.

Renew Resurfacing Expert

Ele retexturiza a pele, clareia e ajuda no preenchimento de rugas.

Sério, gente… o 'bixinho' funciona!

Passo, inclusive na área dos olhos, porque minhas pálpebras estavam começando a ficar flácidas…

e ele resolveu… não abro mão nunca mais! rsrsrsrs

 

Após lavar, limpar e passar meu milagroso, 

passo o corretivo lilás da paleta de 4 cores da Avon em torno dos olhos, porque tenho olheiras.

corretivo 4 cores Avon

Reparou que é só essa cor que uso?

Avon bem que poderia fazer um corretivo lilás, né?!

 

Comprei um BB Cream da Avon, mas não gostei, então, ele está na foto, mas não uso.

Por enquanto, uso uma misturinha que faço há anos e amo de paixão, não vivo sem,

tá me dando pâncio porque tá acabando e não acho uma revendedora Mary Kay!!! rsrsrsrs

Sem contar que os produtos Mary Kay, além de ÓTIMOS, duram uma eternidade!

Mary Kay

Mistura na palma da mão um pouquinho do hidratante com a quantidade de base que quero, misturo e passo no rosto.

Cara… é quase um BB Cream!!! rsrsrsrs Não troco por nada!

Passo um blushizinho (que esqueci de fotografar), mas é o número 05 da Avon Color (Malva Sereno)

Malva Sereno True Color Avon

Não curto muito sombras… prefiro não usar, mas se for pra usar, escolho as tons terra ou malvas.

Rímel e lápis são indispensáveis…

APDC0628

Ah… quando estava em Campinas, usei os lápis da minha mãe, que só usa marrom…

AMEI!! Vou comprar um escuro pra mim!

Sou muito branca, então, qualquer batom mais forte me deixa com cara de morta ou vagabunda. rsrsrs

Tenho 1 batom vermelho, que comprei pra participar do #redlipsday da Renata, mas quase não o uso.

Tenho um preferido de todos os tempos, o mais lindo de todos…

Batom Renew

Outra coisa que não falta nunca, desses eu tenho um mooonte são os glosses rosinhas,

que coloco por cima do marrom e dá uma quebrada e deixa o batom mais delicado.

APDC0637

Pra finalizar… à noite, lavo, limpo e passo Renew Ultimate Gold Emulsion pra hidratar,

dar mais viço, deixar a pele mais firme…

Renew Ultimate Gold Emulsion

Só pra terminar… não posso deixar de citar essa base MA-RA-VI-LHOOOO-SA da Mary Kay.

Ela é um pó ultra fino e a gente passa com pincel.

Gente… ela é perfeita. Deixa a pele com aspecto natural e tem uma cobertura incrível!

Bota na lista… vc não vai se arrepender!

base em pó Mary Kay

E vc?? Quais maquiagens vc usa?? Quais são suas preferidas?

De qual delas vc não abre mão?

 

maternidade {#bcfotos}

 

bcfotos DaniMoreno

Ser mãe foi desde sempre, tudo o que eu queria ser na vida.

Me lembro quando era adolescente, quando me perguntavam o que eu queria ser, na minha cabeça vinha "mãe!!!", mas eu respondia outra coisa qualquer.

Com 21 anos, eu queria ter adotado o Michel, um garotinho de um orfanato onde eu fazia trabalho voluntário… mas a burocracia da época cortou meus sonhos pela raíz.

Com 23 eu engravidei do meu primeiro filho!!!

02.png

Quando o Gabriel chegou, meu sonho se realizou!

01.png

Ser mãe é minha profissão.

É o que eu sempre sonhei, sempre quis, o que me realiza, me completa.

Bom… e como não poderia deixar de ser, já que era isso que eu queria pra minha vida…

outras 3 gravidezes vieram, e com elas, meu time feminino… minhas 3 garotinhas!

APDC0398

Mas vou falar uma coisa… é MUUUITO difícil tirar uma foto legal com os 4 juntos!! kkkkk

Ou eles estão zoando a foto ou alguém sai com os olhos virados,

com o olho fechado, torta,…

APDC4236

APDC0571

Algumas coisas que aprendi depois de ser mãe:

 

1- ser mãe é ter o coração fora do corpo

2- conhecer e sentir o amor pleno e gratuíto

3- comprar pra eles e não pra mim

4- que eu não sou absolutamente nada nem ninguém sem eles

5- aprendi quem são cada personagem de cada desenho

6- que a saudade que sinto deles, nunca senti ou vou sentir por alguém

7- guardar um milhão de papéizinhos, bilhetinhos, cartinhas, lembrancinhas…

8- me emocionar em festas de escola

9- a olhar imediatamente quando qualquer criança chama "mããeee…"

10- entender, respeitar, ter uma certa pena dos meus pais (rsrsrsrss)

11- não ter sossego enquanto não estão todos sob o mesmo teto que eu

12- nunca ficar longe do celular quando um deles está na rua

13- aprendi a ser professora, manicure, cabeleireira, enfermeira, psicóloga…

14- a ter paciência… MUITA paciência

15- a nunca mais poder ir no banheiro ou tomar banho sossegada

Pra semana que vem…

tema_dessa

Load More Posts